Postado em 22 de janeiro de 2020

Shopping TOTAL segue antecipando tendência mundial

Em outubro de 2016, o Shopping TOTAL inaugurou a primeira estação de recarga de carros elétricos no Rio Grande do Sul, antecipando uma tendência mundial. Três anos depois, a iniciativa ainda é considerada inovadora em relação a toda a Região Sul do País e permite ao público o acesso a uma energia limpa e sustentável, de forma gratuita. Mesmo que de forma tímida, a estação está em atividade e, quando em uso, desperta a curiosidade no estacionamento externo do Shopping.

Sobre a estação

A estação de recarga é pública, bastando um credenciamento para o uso. O cliente só precisa preencher um cadastro junto ao Balcão de Informações do TOTAL, onde receberá uma “Tag” para ter acesso liberado, toda a vez que for ao Shopping. Mas é importante observar que esta “Tag” de acesso é intransferível e de uso pessoal, não podendo ser emprestada para terceiros.

Zero emissões
De acordo com informações do Portal da Associação Brasileira do Veículo Elétrico (ABVE), estes automóveis não emitem gases com efeito estufa em sua locomoção, por isso são denominados “zero emissões”. Além disso, não dependem de combustíveis fósseis, fator que gera impactos ecológicos, econômicos e geopolíticos – já que a maioria dos países depende da importação desses produtos. Os elétricos também são energeticamente mais eficientes que os veículos de combustão, tendo um gasto de energia por espaço percorrido menor que um veículo convencional.

Mercado nacional e mundial
Entretanto, atualmente, os carros híbridos e elétricos representam apenas 0,3% dos veículos leves emplacados no Brasil em 2019, de acordo com a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea). Os custos altos e a falta de infraestrutura ainda são considerados empecilhos no País, uma vez que dependem de redes de abastecimento e cadeia especializada para sua manutenção. Conforme dados da ABVE, a tecnologia de híbridos e elétricos tem se tornado cada vez mais popular na China, Estados Unidos e em países da Europa.

Por sua vez, Chile e Colômbia estão investindo em frotas de ônibus 100% elétricos para o transporte público, iniciando uma saudável disputa pelo reconhecimento de cidades mais limpas e sustentáveis da América do Sul. Segundo a ABVE, os países que lideram o mercado de eletrificação, como a Noruega, por exemplo, adotaram uma série de medidas como: estacionamentos grátis para carros elétricos e crédito para compra do veículo por meio da redução de impostos.

O que são veículos elétricos?
Segundo o Instituto Nacional de Eficiência Energética (INEE), veículos elétricos são aqueles acionados por pelo menos um motor elétrico e são mais eficientes que os convencionais, acionados exclusivamente por motores de combustão interna. Como há mais de 44 milhões de veículos leves convencionais circulando no Brasil, o crescimento de elétricos pode contribuir para a redução de desperdícios evitáveis de combustíveis, sobretudo de origem fóssil.

Tipos de veículos elétricos disponíveis no mercado
– Veículos 100% elétrico: como o nome sugere, esses modelos utilizam unicamente motores elétricos como sistema de tração. Fazem parte do grupo “zero emissões”: por terem um meio de locomoção não poluente não emitem gases nocivos para o ambiente, nem ruído considerável, uma vez que motores elétricos são mais silenciosos que motores de combustão interna.
– Veículos Híbridos: têm dois tipos de motores, um a combustão (podendo ser a gasolina) e outro elétrico. A bateria destes veículos só se recarrega com a regeneração de energia, quando o carro é freado.
– Híbridos com plug-in: são veículos híbridos que permitem carregar o motor elétrico por meio de uma fonte externa de energia, como por uma tomada.

Na foto: o automóvel Nissan LEAF, da IESA Nissan, concessionária parceira do Shopping TOTAL. O LEAF é o automóvel 100% elétrico mais vendido no mundo. Foram comercializadas mais de 44 mil unidades e lançado em julho no Brasil.

Crédito: divulgação IESA Nissan